Chili Com Carne

Shop

como encomendar: use o carrinho de compras / inscreva-se como utilizador da loja ... transferência bancária: EBAN PT 50 0035 0216 00053613431 53 - swift/bic: CGDIPTPL / Paypal. Só aceitamos encomendas iguais ou superiores a €10 / portes de envio grátis para Portugal / envio à cobrança mais 5 euros.


how to buy: use the shopping cart / subscrive to the shop service / use Paypal. We take orders superior to €15. FREE postage for EU countries - REST OF THE WORLD: please add 2€ for each article ordered. 

 

#23: Gente Remota

Romance Gráfico de Francisco Sousa Lobo
Sales price 15,00 €
Discount
Price / kg:
associado
Description
 

23º volume da Colecção CCC, 100p a duas cores, 16,5x23cm, edição brochada.

editado por Marcos Farrajota. Design de Joana Pires.

-

Obra realizada ao abrigo de uma Bolsa de Criação Literária da DGLAB/ Ministério da Cultura 

-

Lançamento no dia 19 de Dezembro 2021 no M.A.L. com apresentação de Sara Figueiredo Costa

 
 
Gente Remota é um livro ficcional que nasceu de quatro longas entrevistas com ex-combatentes anónimos das chamadas guerras de África, conversas que tive em 2014. Não há nada inventado, no que corresponde às experiências de Guerra de Alfredo Jacinto, não teria capacidade para tal. Nem o crime da PIDE, nem a acção salvífica e presença de espírito de Alfredo ao salvar um soldado do colapso moral, nada foi inventado. Limitei-me a baralhar os dados.

Esta é uma pequena história de Portugal, esse país sem problemas de consciência, com uma memória selectiva, ao mesmo tempo sincera e senil.

É uma história de cruzamento de ideias, de confrontos de perspectivas. Eu não estou em lado nenhum, neste livro. Ou então estou em todo o lado.

A questão do racismo é sempre um poço sem fundo. Incómoda, urgente, com ramificações que tocam a todos, profundamente. A minha relação com o nosso passado colonial é múltipla. Eu próprio nasci em Moçambique, rodeado de empregados e privilégio colonial.

Depois veio logo o 25 de Abril, essa tábua rasa a um tempo gloriosa, mas que nos oculta a história e nos iliba de qualquer culpa. Depois veio a primária em que aprendemos a hostilidade contra os espanhóis, e depois o liceu em que nos forçaram os Lusíadas pela goela abaixo. Este livro é talvez o paté resultante.  

A esperança é que sofre. 

Francisco Sousa Lobo 

Cesto

 x 

Cart empty

Pesquisar

Destaques